sábado, 7 de maio de 2011

Como escapar do crime organizado Se a máfia ou o chefe do tráfico estiverem atrás de você, siga as nossas dicas para não virar presunto


Plano A: não se envolva com eles

Não deva favores. O crime organizado está onde está o dinheiro. Respeite a mulher do próximo. Não paquere nem faça gracinhas com esposa de bandido. Delegados que tratam as mulheres dos mafiosos com respeito também são respeitados pelo crime organizado. Se você pretende ser advogado, nunca aceite que um desconhecido banque seus estudos. Você pode ter um emprego para toda a vida, do qual não conseguirá se livrar

Plano B: conheça as regras do jogo

Você pode ser a pessoa mais bacana do mundo, mas só a sua palavra vai valer. Organizações criminosas não trabalham com acordos escritos. É tudo verbal ou gestual: o ok para matar pode ser o sinal negativo com o dedão. Não adianta pedir pra sair. Se quiser uma dispensa, tenha certeza: você vai tombar na seqüência. Também não piore sua situação. Se sua fita é com o PCC, não procure os cariocas do Comando Vermelho - pode ser fatal

Plano C: desapareça

Não ande com identificações, como crachás ou adesivos, e evite a rotina. Almoçar todo dia no mesmo lugar ou visitar religiosamente a sogra pode virar uma aventura. Trágica. Mude de casa, de cidade, de estado. Faça uma plástica. Se nada disso for possível, feche as cortinas da sala e coloque Insulfilm no carro

Plano D: apele para a mãe

Implore para a mãe de seu algoz. Elas são tão respeitadas que um secretário de Estado em São Paulo já caiu por não permitir que a mãe de um chefe do tráfico visitasse o filho na prisão

Plano Z: Diga adeus

Avise a sua família, porque pode ser tarde demais



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário